segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Quem não cola não sai da escola


 Rodrigo Ramazzini

Prova de literatura sobre o livro “O Cortiço”. A turma do “fundão” da sala estava preparada para ajudar o Pedro, que não conseguiu ler a obra porque passou as últimas semanas se dedicando a ressaltar as qualidades de uma menina e também porque, segundo ele, o livro tinha muitas páginas. Não que a turma do fundo tivesse lido a obra, mas esses pelos menos pegaram um resumo do livro na internet para uma possível consulta.

A professora entra na sala de aula, olha para os 35 alunos e questiona:

- Bom dia! Prontos para prova?

Uma mistura de respostas ruidosas entre “sim” e “não” toma a sala. Ela prossegue:

- O sistema será o seguinte...

Sentados nas últimas cadeiras da classe, o pelotão da cola ouvia atentamente as palavras da professora...

- O pessoal do fundo... Guris! Passem para os lugares aqui da frente... A fila dois troca com a quatro...

O Serginho chegou a indagar um “Por quê?”, mas a professora nem respondeu... Trocaram de lugares. O Pedro sentou na cadeira da primeira fila, bem em frente à professora. Suava frio. Olhou para os colegas que reagiram apenas erguendo os ombros e mãos, como se perguntassem “E agora?”. Ele baixou a cabeça.

Todos acomodados nas cadeiras, então a prova foi distribuída. A avaliação tinha apenas uma questão: “Descreva o personagem Coronel Biscate e a sua influência na narrativa da história”.

Pedro olhou a pergunta e, de forma irônica, respondeu rapidamente. Deixou a sala de aula após 10 minutos...

Na aula seguinte...

- Como prometido... Faltam 10 minutos para o intervalo... Vou divulgar os resultados do teste da semana passada. De antemão, aviso que estou muito decepcionada! Apenas três alunos realmente leram o livro e passaram no teste: Talita, Érica e Pedro... Surpresos, os integrantes da turma do “fundão” olham para Pedro, que esboça uma cara de “não sei!” A professora entrega a prova. Toca o sinal para o intervalo.

Assim que a professora deixa a sala de aula, todos correm para a classe do Pedro para verem qual a resposta que o tinha levado a tirar a nota máxima na prova. Lá, estava escrito, em apenas uma frase: “no livro O Cortiço, não há nenhum personagem que se chame Coronel Biscate”.

- Só isso? Perguntou o Bruno.

Ainda sentado na cadeira, Pedro analisou se a professora realmente havia deixado a sala e então, revelou o segredo:

- Quem senta em frente à professora?

- A “estudiosa” da Érica! Respondeu “melosamente” o Caveira.

- Pois bem! Eu sentei lá no dia da prova, lembram? A professora entregou o teste e eu apavorado porque não sabia nada, comecei a olhar para tudo que é lado. Tentei “pescar” algo no material da professora, mas nada! Olhei para a classe e não tinha nada escrito. Então, olhei para a parede, ao lado da minha perna esquerda... E para a minha surpresa...

- Não vai me dizer que... Indagou o Giovanni

Todos correm para a classe em frente à professora. Pedro aponta para o espaço onde está escrito em pequenas letras a relação de personagens e começa a lê-los: .

- Aqui! Personagens do cortiço: João Romão, Miranda, Jerônimo...

E antes que Pedro terminasse a leitura dos nomes, o Feijão grita:

- A “CDF” da Érica também cola!

2 comentários:

 
Créditos Template http://cantinhodoblogger.blogspot.com/ By Cris Duarte/março de 2010