segunda-feira, 26 de março de 2012

Convivendo com Alzheimer… Por quê?

A mamãe tem Alzheimer há 11 anos e em janeiro ela deixou de andar. Só se alimenta de líquidos e já apresenta dificuldades para deglutir. Ela vai fazer 84 anos em abril e não me canso de agradecer a Deus a oportunidade de poder cuidá-la. Descrever o tamanho do amor que tenho por essa pessoa completamente dependente é quase impossível. Só peço a Deus que continue me capacitando e dando-me força para cumprir a minha missão.
 Por quê?

Porque a população de idosos está cada vez maior, e o Brasil está se tornando uma das seis maiores populações de idosos do mundo, com mais de 21 milhões de pessoas na terceira idade. É uma grande conquista!

Porque com o envelhecimento populacional, também está aumentando a incidência de doenças típicas desta faixa etária, destacando-se as doenças cardíacas e cerebrais!

Porque dentre as doenças cerebrais, as demências vêm surgindo com uma força cada vez maior, a ponto de serem apontadas como uma das grandes epidemias do século XXI!

Porque dentre as demências, a doença de Alzheimer é a principal e de maior prevalência, respondendo com cerca de 60% delas!

Porque toda a família adoece, quando o idoso é portador da doença de Alzheimer!

Porque é uma doença da qual não se sabe ainda a causa, não se tem um diagnóstico que ajude a confirmar e não possui tratamento curativo e adequado!

Porque mesmo não tendo um tratamento adequado, é dito que podem existir doenças sem cura, mas não existem idosos intratáveis!

Porque conviver é viver, compartilhar, ajudar, receber ajuda, amar e ser amado por alguém. Aqui o nosso grande elo de convivência é o idoso com demência: nosso pai, nossa mãe, nossa irmã e irmão, nosso tio e tia, nosso familiar!

Porque já se sabe que o melhor tratamento que se pode dar ao idoso com Alzheimer é a ajuda da família, o carinho da família, a união da família e o conhecimento sobre a doença, que a família aprende!

Porque se o cuidador familiar está bem, a família ajuda e todos se preocupam, o idoso terá um melhor conforto na luta contra esta doença tão devastadora!

Porque somente aliando solidariedade à informação, é que poderemos todos conviver melhor com Alzheimer!

Márcio Borges
Geriatra - marcioborges@cuidardeidosos.com.br

3 comentários:

 
Créditos Template http://cantinhodoblogger.blogspot.com/ By Cris Duarte/março de 2010