segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Vocês conhecem o Potó?





Potó é um *#$&#@¨#@ de um inseto que resolve fazer suas necessidades fisiológicas conhecidas como nº 1 na nossa pele, causando uma @#¨@% de queimadura de 2º grau e arde pra #*@&#@#!.

Pelo bom humor deste post, já devem ter imaginado que fui vítima dessa porqueira aí! Fui sim, pela terceira vez! 

Quando criança fui queimada no braço, na região interna do cotovelo, e na perna, na região interna do joelho. E agora estou com a barriga toda queimada, bem na dobrinha onde começam os seios e pega o elástico do sutiã. Não, não vou mostrar as fotos. O motivo é óbvio! Aliás, por causa disso, a Rosilene, uma das moças que trabalham lá em casa, concluiu que o bicho era macho. Enfim! 
Vamos conhecer esse *@#&@&#$.

Descobri que ele é inseto da família dos besouros, de nome científico Paederus irritans, (irritans mesmo!) e é caracterizado por ser longo, delgado e andar sempre com a bundinha pra cima. Ele é pequeno, não passa de 1 cm de comprimento, e é preto e vermelho. Secreta um líquido cáustico que causa sérias irritações na pele. Aqui na região Norte tem demais e, pesquisando, vi que no Nordeste também. Dizem que aparece na época de chuva (aqui tá uma seca danada, calor infernal) e que é comum nos arraias da cidade e blá blá (eu moro no centro de Palmas!). Bem, já viram que não dá pra generalizar, né?

Ok, sejamos justos. O tal Potó não acorda de manhã pensando em acabar com a pele de alguém. Ele solta esse liquido cáustico, que alguns dizem ser o xixi, quando são apertados ou esmagados. Eis o porquê de geralmente as queimaduras acontecerem nas dobras do corpo. Mas ele também costuma queimar o pescoço e o rosto das pessoas. Quando a queimadura acontece nos olhos, deve-se procurar imediatamente um oftalmologista.

Uma das coisas a fazer é lavar bem a pele quando o Potó resolve descarregar. O problema é que muita gente só percebe que ele andou agindo depois do ocorrido. Comigo, pelo menos, sempre aconteceu durante a noite, enquanto eu dormia. Nesse caso, o indicado é lavar o local com sabonete anticéptico duas vezes ao dia. Se a queimadura apresentar pus e feridas, o paciente tem que tomar antibióticos.

É importante dizer que não se deve passar filtro solar nas queimaduras antes delas sararem e que é bom não tomar sol na região durante uns 2 meses. Tampouco passar hipoglos. Mas tô ignorando essa última e me besuntando de pomada. Ao menos alivia a coceira e a ardência da queimadura.

Enquanto estava pesquisando algumas coisas pra escrever o post, encontrei uma citação muito boa:

“Paulo Cunha, do Gelatti, inventou um remédio pra mijada de Potó: um piniquinho. Para aperfeiçoar o invento ele disse que só falta agora ensinar o potó a sentar no piniquinho”.
hehehehehehe… Quando conseguir me avisa!

Fontes: Imagem e informações retiradas do site Fundação UNIRG e Gabinete Militar.
PS. Como previsto, não fiz nada do que planejei no dia dos SEM NAMORADOS. hehehe…
Editado em 01/07/09

Encontrei esse texto bem humorado falando sobre o Potó, no site http://pegaobonde.com da Stéfanie, quando pesquisava no Google sobre esse inseto, popularmente chamado de Potó aqui no  Nordeste e no Norte, quem sabe até em todas as regiões do País.

Já fui atingida por esse bichinho miserável outras vezes, mas nunca como agora. Ele resolveu fazer um Tour pelo meu corpo e deixou sua marca em meu braço direito, meu umbigo , meu olho e meu pescoço. Esse foi o pior.Tenho sofrido dores, ardores, coceira, ou seja, um misto de coisas "boas" pra detonar com nossa paciência e nos deixar com humor de cão. Como o bordão da novela que acabou de acabar, rsrsrsrsrs... “To virada no cão” com esse maldito bichinho que ainda por cima é Flamenguista e eu sou Vascaína.

Ele também passeou pela testa de minha mãe e ela tem Alshaimer o que deixou o problema pior, pois ela coçava sem parar fazendo a queimadura se transformar em ferida. Foi horrível.

Resolvi pegar o Bonde Andando e postar o texto da Stéfanie imaginando que através dele também possa ajudar outras pessoas que tem sido vítimas desse filho.....te!


Agora vejam o estrago que esse inseto faz em nossa pele!!!!

O pescoço já tem 4 dias e o olho foi na noite passada. Na maioria das vezes, ele deixa apenas um risco vermelho como veem no olho, que depois se trasforma nisso que vocês estão vendo no pescoço,ou seja, como ficará o meu olho daqui a 2 ou 3 dias????

Nunca consegui achar o danado no quarto. Já matei muitos à noite com a luz acesa em outros ambientes da casa. Aqui na cidade está uma verdadeira epidemia de Potós.

Cuidado! Não mata, mas faz um grande estrago!!


3 comentários:

 
Créditos Template http://cantinhodoblogger.blogspot.com/ By Cris Duarte/março de 2010