sexta-feira, 18 de maio de 2012

Mais um Aniversário! Obrigada!!!








Comemorar aniversário é muito bom! É um presente de Deus!
Por isso hoje agradeço a Deus por mais um ano de Vida!
Por tudo que tive e que vivi.
A coragem nos momentos difíceis, a luz nos momentos de desanimo...
Os anos podem passar, mas as marcas de tudo que vivemos ficam no coração, na vida da gente. 
E com os anos a gente aprende... como aprende...

 “Aprendi nesses anos, que o único passo entre o sonho e a realidade é a atitude...
Que esperar dói. Esquecer dói. Mas não saber que decisão tomar é o pior dos sofrimentos.
Que o sofrimento é só uma ventania que arrasta as folhas secas, mas não destrói a beleza das flores.
Que com coragem e perseverança, a gente consegue derrubar qualquer obstáculo.
Que algumas feridas saram outras não.
Que quando duas pessoas discutem, não quer dizer que se odeiam.
Que duas pessoas felizes, não quer dizer que se amam.
Que não é preciso perder pra aprender a dar valor.
Que o mundo dá voltas e a vida é uma sequência de desafios.
Que com a pessoa certa uma vida é pouco tempo.
Que com a pessoa errada um minuto é muito.
Que mesmo acompanhado ainda posso estar só.
Que caráter vem do berço, não se compra.
Que amor não se exige se dá.
Que meus amigos eventualmente vão me machucar é humano.
Que um ato pode mudar toda uma vida, mas que nem toda uma vida pode mudar alguns dos nossos atos.
Que às vezes mudar é preciso, nem tudo vai ser como você quer... A vida continua! O tempo sempre vai ser o melhor remédio.
Uma Oração para Mim

Que eu me permita olhar e escutar e sonhar mais.
Falar menos. Chorar menos.
Ver nos olhos de quem me vê 
a admiração que eles me têm
e não a inveja que, prepotentemente, penso que têm.
Escutar com meus ouvidos atentos 
e minha boca estática, as palavras 
que se fazem gestos 
e os gestos que se fazem palavras.

Permitir sempre escutar aquilo 
que eu não tenho me permitido escutar.
Saber realizar os sonhos que nascem em mim 
e por mim e comigo morrem 
por eu não os saber sonhos.

Então, que eu possa viver os sonhos possíveis
e os impossíveis; aqueles que morrem e ressuscitam
a cada novo fruto, a cada nova flor, 
a cada novo calor, a cada nova geada, 
a cada novo dia.

Que eu possa sonhar o ar, 
sonhar o mar, sonhar o amar.

Que eu me permita o silêncio das formas, 
dos movimentos, do impossível, 
da imensidão de toda profundeza.
Que eu possa substituir minhas palavras 
pelo toque, pelo sentir, pelo compreender, 
pelo segredo das coisas mais raras,
pela oração mental 
(aquela que a alma cria e que só ela,
a alma, ouve e só ela, a alma, responde).

Que eu saiba dimensionar o calor, 
experimentar a forma,
vislumbrar as curvas, desenhar as retas,
e aprender o sabor da exuberância que se mostra
nas pequenas manifestações da vida.

Que eu saiba reproduzir na alma a imagem
que entra pelos meus olhos 
fazendo-me parte suprema da natureza,
criando-me e recriando-me a cada instante.

Que eu possa chorar menos de tristeza
e mais de contentamentos.
Que meu choro não seja em vão, 
que em vão não sejam minhas dúvidas.

Que eu saiba perder meus caminhos 
mas saiba recuperar meus destinos com dignidade.
Que eu não tenha medo de nada, 
principalmente de mim mesmo:
- Que eu não tenha medo de meus medos!

Que eu faça de mim um homem sereno
dentro de minha própria turbulência,
sábio dentro de meus limites pequenos e inexatos,
humilde diante de minhas grandezas 
tolas e ingênuas (que eu me mostre 
o quanto são pequenas minhas grandezas 
e o quanto é valiosa minha pequenez).

Que eu possa amar e ser amado.
Que eu possa amar mesmo sem ser amado,
fazer gentilezas quando recebo carinhos;
fazer carinhos mesmo quando 
não recebo gentilezas.

Que eu jamais fique só, 
mesmo quando eu me queira só.

Amém!

Oswaldo Antonio Begiato






5 comentários:

 
Créditos Template http://cantinhodoblogger.blogspot.com/ By Cris Duarte/março de 2010