quinta-feira, 21 de junho de 2012

ALZHEIMER: A DOENÇA MAIS CARA DO MUNDO!


A doença de Alzheimer é um dos principais problemas de saúde pública do século XXI. Entre 24 e 37 milhões de pessoas, em todo o mundo, já vivem com a doença, ainda incurável, um número que pode chegar a 115 milhões até 2050. Os países mais pobres sofrerão imensamente com esta perspectiva, pois responderão pelo menos com 70% de todos os portadores de Alzheimer.

A doença de Alzheimer “é a mais grave crise no setor saúde e no setor social do século 21″, declarou Daisy Acosta, presidente da associação Alzheimer’s Disease International, sediada em Londres e entidade que congrega todas as associações de Alzheimer de todo o mundo. A presidente Daisy Acosta avaliou em 604 bilhões de dólares os gastos relacionados à doença em 2010, o equivalente a 1% do PIB mundial. “Se fosse um país, seria a 18ª economia do mundo em termos de PIB”, observou.

Porém, as verbas utilizadas para a pesquisa são mínimas em relação a outras doenças, observou Bill Thies, da Associação Americana de Alzheimer: “Investimos US$ 6 bilhões por ano na luta contra o câncer, US$ 4 bilhões contra as doenças cardiovasculares e US$ 2 bilhões contra a Aids. Já a pesquisa para a doença de Alzheimer movimenta apenas US$ 450 milhões”, apontou.

A doença de Alzheimer é a doença mais cara do mundo. Os medicamentos são caros, os exames de imagem e de laboratório caríssimos, acompanhamento com fisioterapia, fonoaudiologia, nutricionista, enfermagem, terapeuta ocupacional são dispendiosos... Plano de saúde, médicos...


Algum membro da família tem que parar de trabalhar para cuidar do idoso ou idosa com Alzheimer - reduz renda familiar. Geralmente, contrata-se de 1 a 2 cuidadores profissionais: salários, décimo terceiro, férias, INSS..,

Os Estados Unidos têm 5 milhões de idosos com Alzheimer. Do orçamento de 1 trilhão de dólares para o setor de saúde, somente a doença de Alzheimer consome 10%, ou seja 100 bilhões de dólares! Presidente Barak Obama está preocupadíssimo com esta situação e gasto!

E no Brasil? Temos 1,5 milhões de idosos com Alzheimer. Quem paga esta conta caríssima? Os governos federal, estadual e municipal? Brincadeira!

Quem paga a conta do Alzheimer brasileiro são os FAMILIARES BRASILEIROS! Muita coisa tem que mudar. Daqui há menos de 20 anos teremos perto de 3,5 a 4 milhões de idosos com Alzheimer. Estamos preparados para tantas necessidades de recursos humanos de saúde e recursos financeiros?


1 comentários:

 
Créditos Template http://cantinhodoblogger.blogspot.com/ By Cris Duarte/março de 2010