domingo, 12 de maio de 2013

FELIZ DIA DAS MÃES!!



“- às Mães que apesar das canseiras, dores e trabalhos, sorriem e riem felizes, com os filhos amados ao peito, ao colo ou em seu redor; e às que choram doridas e inconsoláveis, a sua perda física, ou os veem “perder-se” nos perigos inúmeros da sociedade violenta e desumana em que vivemos;

- às Mães ainda meninas, e às menos jovens, que contra ventos e marés, ultrapassando dificuldades de toda a ordem, têm a valentia de assumir uma gravidez - talvez inoportuna e indesejada – por saberem que a Vida é sempre um Bem Maior e um Dom que não se discute e, muito menos, quando se trata de um filho seu, pequeno ser frágil e indefeso que lhe foi confiado;

- às Mães que souberam sacrificar uma talvez brilhante carreira profissional, para darem prioridade à maternidade e à educação dos seus filhos e às que, quantas vezes precisamente por amor aos filhos, souberam ser firmes e educadoras, dizendo um “não” oportuno e salvador a muitos dos caprichos dos seus filhos adolescentes;

- às Mães precocemente envelhecidas, gastas e doentes, tantas vezes esquecidas de si mesmas e que hoje se sentem mais tristes e magoadas, talvez por não terem um filho que se lembre delas, de as abraçar e beijar...;

- às Mães solitárias, paradas no tempo, não visitadas, não desejadas, e hoje abandonadas num qualquer quarto, num qualquer lar, na cidade ou no campo, e que talvez não tenham hoje, nem uma pessoa amiga que lhes leia ao menos uma carta dum filho...;

- também às Mães que não tendo dado à luz fisicamente, são Mães pelo coração e pelo espírito, pela generosidade e abnegação, para tantos que por mil razões não tiveram outra Mãe... E finalmente, também às Mães queridíssimas que já partiram deste mundo e que por certo repousam já num céu merecido e conquistado a pulso e sacrifício...

A todas as Mães, a todas sem exceção, um Abraço e um Beijo cheios de simpatia e de ternura! E Parabéns, mesmo que ninguém mais vos felicite! E Obrigado, mesmo que ninguém mais vos agradeça!”



Mãe já não encontro mais palavras pra dizer o quanto te amo e como sou feliz por tê-la comigo mesmo que não se lembre de mais nada...

Sei que sou abençoada pela oportunidade que tenho de continuar aprendo com você. É Mãe você, mesmo com a “ausência” causada  pela Doença de Alzheimer tem me ensinado muita coisa...

O exercício da Paciência e do Desprendimento são as maiores delas.

Hoje é o Dia escolhido para homenagear as Mães e mesmo sabendo  que Mãe a gente homenageia todos os dias quero dizer-te da minha  Alegria em abraça-la hoje e beijar-te de uma forma toda especial e agradecer-te...

Obrigada Mãe por me trazer ao mundo. Obrigada Mãe por me educar e fazer de mim uma pessoa de bem. Obrigada pelas noites de sono perdidas, pela falta de tempo de se cuidar enquanto escolhia cuidar de mim. Obrigada por me abençoar todas as noites ao me deitar e nas manhãs ao me levantar...

Obrigada Deus pelas Mães! Obrigada pela minha Mãe! Obrigada por ter-me tornado Mãe!

Mãe, mesmo estando doentinha e numa cama de Hospital quero te desejar um Feliz Dia das Mães. Sei que logo você voltará pra casa e estaremos juntinhas de novo. Te amo minha Princesa, minha vida, meu bebê...


1 comentários:

 
Créditos Template http://cantinhodoblogger.blogspot.com/ By Cris Duarte/março de 2010