sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Sempre é tempo de ler

Gente grande tem mil desculpas para deixar a leitura de lado. Facilitar o acesso aos livros é fundamental para conquistar esse público

Conduzir uma criança ao prazeroso universo da leitura nem sempre é uma tarefa simples. Mas também não é tão difícil assim. Afinal, tempo livre e imaginação solta – características de toda infância saudável – são tremendos facilitadores. Bem mais complicado é transformar em leitor um adulto que chegou a essa fase da vida sem ter descoberto o prazer dos livros. Missão espinhosa? Sem dúvida. Mas não é impossível.

Mais do que a possibilidade de se desligar do mundo real e embarcar no enredo de uma bela obra literária, é necessário dar ao adulto a dimensão de que ler é uma experiência de múltiplas faces: ela pode mudar a vida dele e ajudá-lo em conquistas palpáveis, seja o ingresso numa boa universidade ou um simples bate-papo, mais animado e inteligente, na mesa de um bar.

Também é preciso facilitar ao máximo o acesso dele ao livro, pois a vida adulta geralmente pressupõe trabalho, falta de tempo, cansaço e pouca disposição para qualquer assunto que não seja "urgente". O segredo é transformar esses supostos impedimentos em motivos para colocar a leitura na pauta do dia-a-dia. Ler pode ser, por exemplo, o jeito mais divertido de encurtar o trajeto entre a casa e o trabalho, ou de enfrentar uma longa fila no banco. E, quanto mais próximos os livros estiverem, melhor. Tanto faz se a biblioteca fica numa casa da vizinhança, no caminho para o serviço ou no próprio ambiente de trabalho.

Usuárias de biblioteca no metrô de São Paulo

http://educarparacrescer.abril.com.br/leitura/materias_296345.shtml


2 comentários:

 
Créditos Template http://cantinhodoblogger.blogspot.com/ By Cris Duarte/março de 2010